Como ser um bom copywriter

Como ser um bom copywriter

Copy, tradicionalmente, é o que basicamente uma boa página de vendas precisa ter para convencer a comprarem de você. O seu objetivo é persuadir.

O conteúdo faz todo o resto. Isso atrai um público, envolve a sua atenção sustentada, demonstra a sua capacidade de resolver os seus problemas, e abre o caminho para uma compra.

O marketing de conteúdo é o principal conceito de publicidade nos idas de hoje, pois a Internet nos permite usar o conteúdo para expandir negócios, e não é necessário grandes investimentos para isso.

Mas os comerciantes de conteúdos inteligentes sabem o suficiente para roubar dos seus irmãos e irmãs mais tradicionais. Porque esses elementos da velha escola de persuasão farão com que tudo no seu conteúdo funcione melhor.

Atenção a healine

Os redatores sabem que se a headline for fraca, o anúncio nunca será lido.

As melhores manchetes não podem ajudar o conteúdo que é raso e fraco.

Mas vai fazer muito para aumentar o envolvimento do público para conteúdo de qualidade, bem como ações e links.

Deixa seja espertinho

A escrita é uma coisa boa. Pensar cuidadosamente sobre a linguagem vai torná-la mais clara e mais poderosa, e é isso que você quer. Mas os grandes redatores sabem que parece ser esperto demais, pode confundir o público.

Uma pitada de esperteza aqui e ali pode adicionar tempero, então se você usá — lo, usá-lo com moderação-e nunca em uma headline.

Desenvolve a tua grande ideia

Como um comerciante de conteúdo, você não está escrevendo páginas intermináveis, informações factuais que meramente responde perguntas.

Você está publicando informação que tanto diverte e educa seu leitor — e você está fazendo isso no quadro de uma grande ideia.

Não seja apenas mais um blogueiro. Enquadre o seu conteúdo com uma grande ideia convincente.

Faça pesquisas

Os melhores redatores são os mais tenazes pesquisadores.

Se você está escrevendo conteúdo de autoridade, só se segue que você também é um estudante obsessivo do seu tópico.

Aprofundar-se dentro da sua temática

Sites que apareçam no Google tem muitos. Vá além dos “grandes blogs” todos em seu tópico lê — busque assuntos raros, que tenham alguma quantidade de consultas, mas difícil de encontrar para o leitor médio.

Não seja apenas um especialista, seja um grande redator sobre seus temas. A profundidade e riqueza que você vai ganhar vai mostrar.

Previous Por que devo criar um site para minha empresa
Next 4 passos na criação de sites que você precisa seguir se quiser ter sucesso!

About author

You might also like

Sorry, no posts were found.

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply